BREAKING NEWS

Ei..Cagaram no meu sonho, e o seu? - Gustavo S.

[...] mas estou preocupado se o nascer do Sol vai ser normal ou vai ser em 3D  em HD. 
"Sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
O dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar" (O Teatro Mágico - Sonho De Uma Flauta)
Tumblr_m37d3ccinc1rt4829o1_400_large

Quando o sol raiou hoje de manhã, percebi que meu quarto era a única coisa que continuava escuro, parecido com meu coração. Faço questão de levantar e lavar o meu rosto, para apagar marcas de lágrimas que ficaram lá desde a madrugada. Prefiro chorar no silêncio do que ouvir conselhos sem parar.
Passeando pelas ruas da imaginação enquanto eu estava dormindo, eu havia encontrado várias pessoas naquela passarela. Eu encontrei parentes distantes e próximos, encontrei amigos que eu sempre quis e que eu não quis, e inimigos que ainda os quero para guardá-los.
Encontrei idiotas como eu que esqueceram seu coração numa frigideira. Pra falar a verdade, nunca os tinha visto antes, eram especialmente idiotas. Sorriram pra mim, e começaram a me perguntar um monte de coisas sobre o que eu sinto, o que eu penso, o que faço e que vou fazer.
Me deram alguns péssimos presentes , como um romantismo idiota, que o dono dele estava com as pernas cheias de hematomas e o coração apodrecido. Deram também a arte de escrever bem, não sei se isso se tornaria útil, mas de algum modo, fez uma junção com o romantismo. Ficou uma droga de presentes, só pra constar, mas logo depois de me entregarem tudo isso, me deram as costas e foram embora.
Logo depois, encontrei ela. Ah, aquela que até nos sonhos vem me encher o saco. Aquela que eu tanto odeio/gosto tanto, mas, para minha decepção/alegria, ela me ignorou e foi se encontrar com um cara no fim da esquina. Suspirei e continuei andando, afinal, é de minha obrigação continuar.
Caminhei pra caramba, aprendi desde o que é 1+1 até potências sócio-econômicas, aprendi desde greves até preconceitos, do machismo e o feminismo. E apesar de tudo, toda esse acúmulo de informações achei um grande saco saber de tudo isso, afinal, tudo é uma grande porcaria.
Matemática é muito chata (e bizarra), preconceito é coisa de retardado, machismo é pra bicha e feminismo é ser uma guria.....no mínimo retardada talvez? Quem sabe. O que importa é, que todo esses conhecimentos que tive foram se transformando numa grande bola de papel, que no fim, vai parar no lixo.
Não importa o quanto de conhecimento você tenha, se você não consegue brilhar com seu coração estrelado. Não importa o quanto intelectual você seja, se não tiver um coração ferrado e intelectualmente sabido da vida em si, não sobre problemas,guerras,mundo.
Que se dane a manipulação da mídia, que se dane a informação retardada, que se dane o nosso modo plagista de ver o mundo, se dane tudo. No fim, você não muda coisa nenhuma neste mundo, e nada vai ser útil no fim.
Não vou falar sobre o meu fim idealizado, afinal, religião é algo que não quero discutir. Não vou falar também sobre grana também, afinal, um mal necessário.
Voltando ao meu sonho, caminhei mais um pouco e vi alguns casais sentados num banco da praça. Algumas garotas sentadas num banco sozinhas, mas à espreita de um casal se separar pra dar em cima do garoto. E eu digo, por que querer o das outras? Custa ser menos PNC? (fica na imaginação de vocês o que eu quis dizer nessa sigla) Tantos caras legais soltos por aí, se ferrando sempre, e as sacanas ficam esperando o das outras, que nem pode ser tão legal assim.
Esses tipos de garotas me irritam, dá até um certo nojo falar com elas. Mas enfim, continuando. Pensei em até chegar perto de uma delas e levar um toco como de costume, mas dessa vez, eu apenas fiquei a observar.
Não sei o que aconteceu, apenas sei que de repente, tudo começou a se embaralhar. As imagens voltavam, os tempos mudavam, e quando eu percebi, esse sonho que eu tanto amei, eu esqueci. O sonho que eu tanto amei, que eu gostei, cagaram em cima dele.
Verdade! Sabe aqueles dias que era legal caminhar no meio da rua descalço, chutar numa pedra e sair sangrando e chorando de raiva? Não existem mais por que inventaram a porcaria do asfalto, onde passa carros e blábláblá. Sabe aqueles dias que você comia uvas,poukan (desculpa se não sei escrever certo), e outros afins na casa de algum parente onde ele arranjou isso na casa de algum vizinho? Hoje não tem mais isso, agora se compra tudo no supermercado, cheio de tóxicos pra matar os bichos.
Cagaram no meu sonho, e no de vocês também. O pior é que estão engolindo, sem reclamar, como se fosse algo bom. Eu não sei mais o que aconteceu com essas pessoas, se estão meio chapadas pelas drogas chamadas mídias ou sei lá o que, mas estou preocupado se o nascer do Sol vai ser normal ou vai ser em 3D em HD.

Este texto foi publicado originalmente em Pequenos textos em um blog, e postado aqui com a devida permissão.
Ei..Cagaram no meu sonho, e o seu? - Gustavo S. Ei..Cagaram no meu sonho, e o seu? - Gustavo S. Reviewed by Debora Gobor on 4/30/2012 05:01:00 PM Rating: 5

Um comentário:

  1. Que titulo mais..... atraente... kk'

    http://lavieanonimous.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela participação!
Em breve te responderemos!
Deixa o link do seu blog para eu te seguir, caso você me siga!
Ficarei muito feliz com sua participação!
Obrigada, Equipe S.Q.T.A

Sora Templates